Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

“Os professores merecem ser bem tratados e respeitados por todos”

|

Publicamos, em baixo, uma entrevista exclusiva concedida pelo músico noiserv ao Agrupamento de Escolas da Trafaria.

Qual é a sua opinião sobre a localidade da Trafaria?

Sendo natural de Lisboa, não tenho um grande conhecimento sobre a Trafaria, acabei por ir poucas vezes. Tenho a noção de ser um sitio acolhedor e onde será bom viver.

Como é que analisa o atual Sistema de Ensino em Portugal?

Demasiado formatado, demasiado metódico. Entendo a necessidade de criar modelos para algumas coisas, mas o ensino é mais particular, nem todos os alunos nem todos os professores são iguais. É preciso que exista uma maior liberdade de ensino.

No seu entender, como será a Escola do Futuro?

A escola do futuro tem de ser a escola do presente e igualmente a escola do passado. Um lugar de aprendizagem, de memórias, de vivências, e um lugar acima de tudo humano, os professores acabam por ser a segunda família para todos os alunos e por isso merecem ser bem tratados e respeitados por todos.

Quais são os principais conselhos que pode dar aos nossos alunos?

O principal conselho que posso dar é de dedicação. Entender que a escola serve para aprender mas também para viver e criar objectivos, histórias e amigos para a vida. Por outro lado, é preciso ter o sentido de responsabilidade que nós somos os únicos que definimos o nosso futuro e ser dedicado à escola é uma boa forma de começarmos a desenhar um bom caminho.

Qual é a grande memória que guarda da sua passagem pela Escola?

Os meus professores, os meus amigos, todas as histórias que vivi, todos os sonhos que criei e que ainda hoje me fazem querer ser cada vez melhor.

[questões escolhidas pelos alunos das turmas do 3º ciclo]

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email